Alojamento

Moradias do Bairro de Santa Bárbara (Barreiro)

Em 2014 foi assinado um acordo tripartido entre os SAS/IPS, a Baía do Tejo e a RUMO com o objetivo de disponibilizar alojamento aos estudantes da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro. Assim, estão disponíveis 4 moradias, totalmente remodeladas e equipadas, localizadas no Bairro de Santa Bárbara (Parque Industrial do Barreiro), oferecendo-se as seguintes facilidades:

  • Quartos individuais equipados com cama, roupeiro, secretária, cadeira e aquecedor a óleo
  • Casa de banho completa com base de duche e resguardo
  • Cozinha equipada com termoacumulador elétrico, exaustor, placa vitrocerâmica, micro-ondas, frigorífico, máquina de lavar roupa, bancada com lava-loiças e armários
  • Espaço comum com mesa para refeições
  • Fornecimento de roupa de cama e atoalhados de casa de banho (se solicitado)

As candidaturas deverão ser formalizadas pelo envio aos SAS/IPS desta Requerimento Geral_Candidatura a Alojamento (PDF | 108Kb). Os contratos de utilização, bem como a cobrança das mensalidades e a emissão dos recibos serão da competência da RUMO, a quem compete igualmente facilitar o acolhimento e inclusão escolar dos residentes, através de ações de dinamização específicas. A mensalidade, por estudante, é de 128,65€, acrescidos de despesas com água, luz e outros consumos. Todos os estudantes bolseiros dos SAS/IPS que optem por ficar alojados nas moradias do Bairro de Santa Bárbara recebem o complemento de alojamento no montante da mensalidade.

Candidaturas

Prazos, Vagas e Destinatários

Prazo de candidatura: 14 agosto a 3 de novembro.

Destinatários: Estudantes IPS no ano letivo 2019/2020 (beneficiários de alojamento e não beneficiários); Estudantes a frequentar as Escolas Superiores do IPS integrados em projetos e programas de mobilidade com carácter comunitário ou extracomunitário; Estudantes que ingressam no IPS pela 1ª vez.

Divulgação de Resultados: As colocações serão efetuadas de acordo com as vagas disponíveis e em respeito pelas prioridades estabelecidas no respetivo regulamento.

Ao processo de candidatura e atribuição de alojamento nas moradias de Santa Bárbara, será aplicável, com as necessárias adaptações o previsto no Regulamento da RESAS.

Residência de Estudantes Santiago

Os SAS/IPS dispõem de uma Residência de Estudantes que se destina, prioritariamente, a alojar os estudantes deslocados que frequentam as Escolas Superiores do IPS e que visa proporcionar alojamento de qualidade, durante o período em que decorrem as atividades letivas (setembro a julho).

Situada nas Manteigadas, a 2 km do Campus do IPS e a 5 km do centro da cidade de Setúbal, a Residência de Estudantes de Santiago, em condições regulares de funcionamento, tem capacidade para alojar 294 alunos (em quartos duplos, individuais e adaptados para estudantes portadores de deficiências físicas) num ambiente agradável e de saudável convivência, tolerância e respeito mútuo, proporcionando a todos os residentes as melhores condições de estudo.

Oferecendo um vasto conjunto de facilidades, a Residência de Estudantes de Santiago constitui um dos meios através dos quais os SAS/IPS contribuem para facilitar a integração dos estudantes e o respetivo sucesso escolar:

  • Receção e segurança 24 horas por dia;
  • Sala equipada com televisão e videogravadores;
  • Bar equipado com jogos de tabuleiro e matraquilhos e self-service de refrigerantes, bebidas quentes, chocolates e bolos;
  • Salas de estudo e de informática;
  • Serviço de lavandaria (roupa de cama e atoalhados) e de limpeza (espaços comuns e WC);
  • Cozinhas totalmente equipadas;
  • Aquecimento central;
  • Espaço exterior iluminado e ajardinado;
  • Campo de ténis e futsal;
  • Parqueamento privado;
  • Sistema de fechaduras eletrónicas nos quartos e cozinhas;
  • Televisão por cabo.
  • Acesso à internet (eduroam) garantida a 100% nas áreas comuns, sejam: salas de estudo, salas de convívio, biblioteca e bar. O acesso à internet existente nos quartos é limitado, não sendo possível, neste momento, garantir o acesso à mesma em todos os quartos. Mais informações no Sector de Alojamente dos SAS/IPS;

No momento atual, e por força das normas emanadas pelas entidades competentes no âmbito das medidas de combate e prevenção à pandemia por COVID-19, a capacidade de alojamento da Residência de Estudantes de Santiago sofrerá uma significativa redução. Nos termos da Orientação Ensino Superior DGS (PDF) nas residências de estudantes “deve ser garantida uma distância lateral mínima de 2 metros entre camas em quartos com mais do que um estudante, sempre que assim seja possível, não sendo recomendada a utilização de beliches ou equipamento mobiliário similar, bem como o usufruto comum de roupeiros, armários, prateleiras, mesas de trabalho ou equivalentes”, pelo que, no caso da Residência de Estudantes de Santiago, todos os quartos passarão a ter uma utilização individual, o que implica uma redução da capacidade de alojamento em cerca de 90 camas.

Requisitos

Estar inscrito e matriculado numa das Escolas do Instituto Politécnico de Setúbal;

Formalizar a candidatura através da entrega, preferencialmente por email, nos SAS/IPS deste Requerimento Geral Candidatura a Alojamento (PDF | 108Kb), acompanhado de cópia do Cartão do Cidadão (devidamente autorizada pelo/a candidato/a) ou documento equivalente e comprovativo de morada fiscal. A candidatura poderá igualmente ser enviada por carta registada e, excecionalmente, poderá ser entregue pessoalmente, mediante marcação prévia com os serviços de alojamento dos SAS/IPS.

Os estudantes em mobilidade deverão entregar a sua candidatura através do preenchimento deste requerimento (mobility students: please fill in and return by this request (Requerimento Alojamento para Alunos de Programas de Mobilidade (PDF | 52Kb))

Todas as informações relativas aos critérios de elegibilidade e prioridades na admissão encontram-se descritas, com mais pormenor, no Regulamento da Residência de Estudantes de Santiago (PDF | 249Kb) (Residence Regulations English version here (PDF | 171Kb)).

Candidaturas

Face às limitações decorrentes da significativa redução da capacidade de alojamento da Residência em consequência da crise pandémica, e de modo a salvaguardar o respeito pelas prioridades estabelecidas no Regulamento da Residência de Estudantes de Santiago (PDF | 249Kb), o procedimento de candidatura a alojamento no ano letivo 2010/2020 sofrerá algumas alterações face ao procedimento de anos anteriores, passando as candidaturas a decorrer em duas fases distintas, conforme prazos abaixo indicados.

Prazos, Vagas e Destinatários

1ª Fase de Candidaturas:

Prazo: de 14 de agosto a 15 de setembro.

Destinatários: Estudantes IPS no ano letivo 2019/2020 (residentes e não residentes); Estudantes a frequentar as Escolas Superiores do IPS integrados em projetos e programas de mobilidade com carácter comunitário ou extracomunitário, em situação de extensão de mobilidade e que tenham sido residentes no ano letivo 2019/2020.

Vagas: Para efeitos de cumprimento das prioridades definidas em sede de regulamento da RESAS, serão preenchidas, nesta 1ª fase, 96 vagas. Caso o número de candidatos prioritários, em condições de beneficiar do apoio de alojamento, nos termos do regulamento, seja superior ao número de vagas disponibilizadas na 1ª fase, poderá ser considerado o correspondente acréscimo de vagas, por decisão do Conselho de Ação Social.

Divulgação de Resultados: Entre 24 e 28 de setembro, os resultados da candidatura serão individualmente comunicados aos candidatos por e-mail.

2.ª Fase de Candidaturas:

Prazo: 28 de setembro a 3 de novembro

Destinatários: Estudantes que ingressam no IPS pela 1ª vez; Estudantes a frequentar as Escolas Superiores do IPS integrados em projetos e programas de mobilidade com carácter comunitário ou extracomunitário pela 1ª vez ou em situação de extensão de mobilidade (não residentes no ano letivo 2019/2020).

Vagas: As vagas disponibilizadas a concurso nesta 2ª fase serão as que resultarem da diferença entre o número total de vagas na Residência e o número de residentes colocados na 1ª fase de candidaturas.

Divulgação de Resultados: As colocações serão efetuadas de acordo com as vagas disponíveis e em respeito pelas prioridades estabelecidas no respetivo regulamento. Os resultados da candidatura serão individualmente comunicados aos candidatos por e-mail, à medida da possibilidade de colocação.

Normas Gerais Aplicáveis ao Ano Letivo 2020/2021

Tendo em conta o condicionamento do número de vagas disponíveis, por força das orientações da DGS e DGES, e em conformidade com o Regulamento da Residência de Estudantes de Santiago, no ano letivo 2020/2021, não será considerada reserva de alojamento para estudantes a frequentar as Escolas Superiores do IPS integrados em projetos e programas de mobilidade com carácter comunitário ou extracomunitário, sendo estes colocados em função das disponibilidades, nos termos do artigo 3.º, n.º 3 e do artigo 4.º, n.º 4, c).

Os candidatos não colocados na 1ª fase do processo de candidatura a alojamento, transitam automaticamente para a 2.ª fase, a não ser que expressamente apresentem, junto dos SAS/IPS, a desistência da respetiva candidatura.

Os candidatos aos quais não seja possível atribuir alojamento, em qualquer uma das fases, de acordo com as vagas disponíveis e os critérios de prioridade definidos, ficarão em lista de espera e serão colocados, conforme disponibilidade, nos termos do n.º 4, do artigo 4.º da RESAS.

Para além dos prazos de candidatura definidos, os estudantes poderão a todo o tempo apresentar candidatura a alojamento, sendo a respetiva colocação sempre condicionada à existência de vagas.

Considerando que, no corrente ano, a disponibilidade de alojamento se encontra condicionada por força das medidas de contingência aplicadas no âmbito da COVID-19, ressalva-se que, uma eventual alteração das orientações das entidades competentes, designadamente DGS e DGES, poderá determinar alterações à capacidade de ocupação da residência, sendo que, em caso de retoma da sua normal capacidade, as correspondentes vagas serão, de imediato, disponibilizadas aos estudantes, sempre em respeito pelas prioridades fixadas em regulamento.

Plano de Contingência da Residência de Estudantes de Santiago:

Em cumprimento da lei estabelece as normas a que obedece a vivência nas Residências neste período de pandemia, bem como os procedimentos a adotar perante um caso suspeito. Aplicável, com as necessárias adptações às Moradias de Santa Bárbara. É obrigação de todos os residentes, trabalhadores e prestadores de serviços conhecerem as normas constantes do Plano de Contingencia da Residência de Estudantes.

Preçário Ano Letivo 2020/2021

Os preços para o ano letivo 2020/2021 foram aprovados pelo Conselho de Ação Social em reunião de 19 de outubro, com efeitos retroativos a 1 de outubro, conforme tabela seguinte:

Tabela de Preços de Alojamento na Residência de Estudantes de Santiago 2020/2021  Preço
Mensalidade  
Bolseiro* €76,79
Não Bolseiro** €122,00
Quizena***  
Bolseiro* €38,00
Não Bolseiro** €70,00
Semana***  
Bolseiro* €20,00
Não Bolseiro** €40,00
Não Estudante/Dia  
Até 5 dias €70,00
6 a 8 dias €50,00
A partir de 9 dias e mês completo €240,00
Suplemento Quarto Individual (acresce ao valor de qualquer estadia)  
Blocos A e C Isento
Bloco D Isento
Emissão de Credencial de Alojamento  
1ª Credencial Grátis
2ª Credencial e Restantes €15,00
Emissão de 2ª via do Cartão de Acesso aos Quartos e Cozinhas e chaves de armários de cozinha  
Por Emissão €3,00
Notas  
* Aplicável também a estudantes beneficiários da 1º medida do PAAS/IPS (escalão 20% - propina reduzida) e bolseiros da DGES (portadores de grau de incapacidade igual ou superior a 60%  
** Aplicável também a estudantes exteriores que se encontrem a participar em actividades de indole académica organizadas pelo IPS;  
   

Comissão de Residentes

A Comissão de Residentes é a estrutura que representa todos os residentes junto dos SAS/IPS, sendo constituída por 7 residentes, dos quais 3 obrigatoriamente bolseiros. A Comissão de Residentes é eleita pelos seus pares, por voto secreto sendo o seu mandato anual.

De entre as suas competências, destacam-se as seguintes:

  • contribuir para a resolução de conflitos entre residentes através de ações concretas;
  • apurar os responsáveis por danos materiais, efetuando a participação aos SAS/IPS;
  • participar nas reuniões mensais com os SAS/IPS, de modo a intervir ativamente na análise dos problemas de interesse geral que possam alterar ou afetar as condições normais de alojamento;
  • propor e desenvolver iniciativas no sentido de manter a Residência de Estudantes nas condições mais adequadas à sua utilização e estimular um saudável convívio e camaradagem entre os residentes, podendo para isso recorrer aos apoios de entidades públicas e privadas;
  • acolher e encaminhar os estudantes dos projetos e programas de carácter comunitário e extracomunitário;
  • pronunciar-se em todas as questões de natureza disciplinar que possam ocorrer.

Perfil Facebook

Visite o perfil facebook da Comissão de Residentes.